Dicas para o home office

Com o aumento de casos do Covid-19, a recomendação é evitar aglomerações. Diminuir as chances de contágio levou muitas empresas a optarem pelo home office. Algumas empresas até abriram a discussão sobre manter essa forma de trabalho definitivamente. A Mastercard foi um exemplo disso. Ela teve seu escritório principal fechado para higienização no dia 06/04, após um funcionário ter o diagnóstico positivo para a doença.

Em tempos de crise, o papel de liderança do gestor é ainda mais importante. Segundo a psicóloga Bela Fernandes, da consultoria Aylmer Desenvolvimento Humano, o líder deve ser lúcido e saber avaliar as prioridades.

“O líder precisa trabalhar com a questão da proteção à vida, inclusive no campo emocional dos funcionários, precisa ter uma inteligência superior sobre o que está acontecendo e ser um porta-voz da organização, pois nesse momento o nível de estresse e pânico pode surgir e isso impacta a produtividade mais até do que o próprio vírus”, diz a psicóloga.

Algumas dicas para o home office

1. É importante verificar a estrutura tecnológica do colaborador, seja equipamentos adequados ou acesso à Internet no domicílio. É viável para todos realizarem o trabalho de casa? O gestor deve mapear todas as dificuldades.

2. Combine com os colaboradores a melhor estratégia para comunicação, pensando em canais que supram todas as necessidades. Muitos utilizam Skype, Slack, Zoom, Google Hangouts ou WhatsApp para manter o contato e fazer reuniões. É melhor combinar de acordo com o perfil dos colaboradores, evitando dificuldade de se adaptar a uma tecnologia desconhecida.

3. Se possível priorize as videochamadas e videoconferências para reuniões.Sem ver expressões, muitos podem confundir a intenção das falas, o que gera ruídos na comunicação e desentendimentos.

4. A liderança deve levar em consideração o possível choque cultural, caso esteja trabalhando com pessoas de outras localidades.

5. Combine entregas periódicas de trabalho, seja no dia, seja na semana, para cada limite.

6. Fazer breves reuniões para começar e finalizar o dia pode ser útil para a equipe ficar atualizada do contexto geral. Além disso serve como aviso para marcar o fim de expediente, mostrando que não será cobrada uma resposta por mensagem o e-mail do colaborador após certo horário.

7. Mantenha a rotina normal. Mesmo em casa, é importante tirar o pijama e se arrumar como se fosse para o escritório. A prática também ajuda a manter a confiança e evita a preguiça.

8. Não esqueça da qualidade de vida. reserve momentos na agenda para levantar da mesa, Caminhar pela casa, se alimentar e beber água. não negligencie o tempo de parada.

9. Saiba qual o seu pico de produtividade e qual é a melhor dinâmica de trabalho.

10. Tenha paciência e empatia. qualquer processo de mudança no trabalho exige um tempo para adaptação e terá desafios inesperados. Mantenha um canal aberto para comunicar e sanar dúvidas sobre medidas que passem segurança aos funcionários.

Dicas para o home office

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *