Métodos de organização: Como escolher?

Ao pensar em como lidar com prazos e organizar o fluxo de trabalho, é natural que os gerentes de projeto  tenham dúvida sobre qual a melhor escolha. por isso é importante considerar não apenas as vantagens de cada modelo mas também a sua cultura organizacional. a decisão pode variar de acordo com o tipo de trabalho realizado e a cultura instalada.

 

O que são  essas metodologias?

Scrum e Kanban são ferramentas alinhadas com a cultura ágil, focando em resultados e buscando a interação com os destinatários da solução que tentam responder às mudanças mais do que seguir um plano.

 

Scrum

Esse método se caracteriza pelo desenvolvimento  por meio da repetição de ciclos muito curtos de trabalho. a ideia aqui é criar listas de melhoria para serem implementadas no período de  1 a 5 semanas, organizando o processo várias vezes, de modo que o produto passe por melhorias contínuas e rápidas.

Para que o método funcione, ele traz papéis e etapas muito bem definidas. Cabe à equipe, multifuncional, se adaptar ao modelo.

A organização funciona assim:

  • product backlog: lista geral e atualizada de funcionalidades ou benefícios que se pretende implementar em um produto;
  • product owner: responsável por definir o conteúdo do product backlog, geralmente uma pessoa com contato direto com o cliente;
  • sprint: ciclo curto, de 1 a 5 semanas, em que serão destacadas, desenvolvidas e implementadas as funcionalidades ou benefícios da lista geral;
  • scrum team: equipe multifuncional que recebe a incumbência de atuar nos projetos;
  • scrum master: líder que coordena as atividades do time, garantindo que as pessoas sigam os valores do Scrum.

As melhorias são destacadas no product backlog, desenvolvidas no sprint e retornam com funcionalidades concretizados a lista geral. Depois disso, são identificadas as novas melhorias e o processo se repete.

 

Kanban

Nessa metodologia, o foco não é concentração em uma parte das tarefas por sprint mas a organização global do fluxo de trabalho. todas as tarefas são divididas em painéis visíveis para que possam ser movimentadas conforme os seus status: pendentes, em andamento ou concluídas.

A consequência disso é que a equipe tem clareza sobre o esforço necessário e realizado tendo um controle rigoroso de todos os passos até entrega do projeto. Além disso, o Kanban permite o desenvolvimento ágil, foi sempre que uma tarefa passar do estágio pendente até a conclusão, pode ser realizada uma entrega. a evolução do projeto ocorre de maneira  contínua de modo que os gerentes priorizam e terminam as tarefas gradativamente até que tudo seja concluído.

É importante dizer também que não há uma única forma de distribuir as atividades. os pontos centrais podem ser desdobrados em etapas específicas e os projetos da empresa.

 

Quais as diferenças entre essas metodologias?

Para que você possa decidir entre uma e outra, é importante Comparar as características de cada metodologia e entender qual delas melhor atende às necessidades dos projetos da sua empresa. Resumidamente, o Scrum é utilizado para direcionar os esforços porque impõe regras com o objetivo de promover incrementos de valor aos produtos. Já o Kanban organiza as atividades, melhorando a clareza sobre o fluxo de trabalho, mas sem impor uma forma de realizá-lo.

 

Como identificar o ideal?

O modelo de trabalho mais adequado depende do ajuste entre as características das metodologias e as necessidades e estratégias da sua empresa. a primeira comparação é saber se é mais vantajoso importar o modelo atual para o Kanban ou mudar tudo e implementar o Scrum. Para fazer isso responda a 4 perguntas:

  1. O que se ganha ao implementar o Scrum?
  2. O que se perde ao implementar o Scrum?
  3. O que se ganha ao não implementar o Scrum?
  4. O que se perde ao não implementar o Scrum?

Depois repita o processo em relação ao Kanban, considerando a possibilidade de reaproveitar muitas das atividades que já são desenvolvidas na empresa.

 

Características da equipe

A resistência dos profissionais a mudança também deverá ser considerada. Procure entender se a equipe se adaptar ao modelo proposto pelo Scrum, principalmente se ter a disciplina para trabalhar nos sprints. O Kanban se adapta melhor as diferentes tipos de cultura.

Um último ponto é entender qual a principal demanda. Você está buscando uma nova maneira de criar valor e promover melhorias ou o ponto-chave é a falta de clareza, dificuldade em cumprir prazos e outras questões relacionadas à organização e a gestão do fluxo de trabalho?

Enquanto um método oferece um procedimento para melhorar os produtos incrementalmente, o outro apresenta flexibilidade e adere aquilo que já é concretizado dentro da empresa.

Portanto decide sobre um ou outro exige a reflexão sobre quais são os desafios enfrentados por você e sua equipe. Por isso, reúna a equipe, pegue os feedbacks e reflita sobre a melhor opção.

Métodos de organização: Como escolher?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *